Como lidar com esse assunto delicado?





“O pênis do meu namorado é pequeno, mas não sei como conversar sobre o assunto. Gostaria de sugerir posições para aumentar meu prazer, mas não quero ferir os sentimentos dele. Como agir nesse caso?”



A pergunta da leitora mostra como esse é um assunto difícil e delicado para se conversar com qualquer homem. Nossa cultura relaciona o tamanho do pênis com potência sexual, virilidade, masculinidade. No imaginário coletivo a ideia de que somente um pênis grande poderá satisfazer uma mulher é motivo de preocupação para a maioria dos homens - tanto que existem muitas técnicas e aparelhos para o aumento peniano no mercado.



Mas será que isso incomoda tanto as mulheres? Não existe um estudo brasileiro que analisa a satisfação delas em relação ao tamanho do pênis. Mas, de acordo com urologistas, a impossibilidade de sentir prazer pela estimulação está geralmente ligada à circunferência e não ao comprimento peniano.



No consultório essa não é uma queixa comum por parte das mulheres. Para a maioria o prazer está na relação como um todo. Porém, fantasias de transas com homens “grandes” fazem parte do imaginário feminino e para algumas o tamanho faz diferença na hora H.




Quando este é um problema na relação do casal, algo precisa ser feito e pouca coisa precisa ser dita. Em geral, a busca pela satisfação sexual a dois requer intimidade, cumplicidade, segurança para realização de fantasias e desejos. A liberdade para a troca de carícias, práticas sexuais, posições e uso de recursos eróticos é essencial para garantir o prazer de ambos - e nesse caso é fundamental.




Algumas dicas podem ajudar:
- Busquem posições que facilitam a entrada total do pênis, como a mulher por cima. Isso ajuda na estimulação;
- O uso de brinquedos eróticos favorece o aumento do prazer;
- Géis com efeito térmico, que esquentam ou esfriam, ou que ajudam na contração vaginal, auxiliam na excitação durante a penetração.












Labels: ,